A Carta de Princípios estabelece duas vertentes estratégicas da jornada para o futuro almejado: combate à desigualdade e busca por uma economia produtiva. As duas páginas subsequentes contêm o posicionamento do grupo sobre a questão da desigualdade.